Tag: recife

7 de março de 2017 /

Quem deu a ordem para a PM apreender os adereços da troça Empatando Tua Vista? O grupo de cantorxs, compositorxs e instrumentistas cantando “Morrer em Pernambuco”, de Juliano Holanda, durante o encerramento da apresentação de Flaira Ferro e Wassab no Festival Rec-Beat, no Cais da Alfândega, demonstra que é possível manter-se coletivamente como vozes estéticas e políticas atuantes, sem necessariamente forjar-se um “nome, cena ou movimento” para enquadrá-los. Assim, soltos, com seus corpos e independências, pode-se continuamente morrer e renascer…

4 de agosto de 2016 /

“eita, foi quase” e a ladainha que vaza. a balbúrdia que atravessa a janela com seu rastro mínimo. o centro e suas paisagens que escapam para dentro do poema. a voz de quem canta a poesia de miró da muribeca em outro tom. o corpo está concentrado e seu corte é rápido. miró desaparece. fica a poesia. miró reaparece. miró estava andando na rua e sua ladainha atravessou com seus braços e gestos o edifício texas até alcançar o grupo…

21 de julho de 2015 /

por Outros Críticos. A seção Crítica de Boteco, da revista Outros Críticos, promove a cada encontro um debate sobre temas abordados na revista. Com o tema “Ruínas e Cultura”, esta edição foi gravada no bar e restaurante Aroeira, no Pátio de São Pedro, em Recife-PE, com a artista visual e pesquisadora Bruna Rafaella Ferrer e o jornalista Renato Lins. A mediação do debate foi feita por Karol Pacheco e Carlos Gomes. Ainda contamos com o registro fotográfico de Igor Marques.…

12 de junho de 2015 /

“Ruínas e Cultura” é o tema da edição #7 da revista Outros Críticos, que será lançada na próxima semana. Como parte dos debates sobre o tema, publicamos no site Outros Críticos o artigo “As ruínas do Recife: da cidade do sonho à catástrofe”, da Professora e Pesquisadora Ana Luiza Andrade, da Universidade Federal de Santa Catarina. Download gratuito aqui.  

10 de fevereiro de 2015 /

por Germano Rabello. Todos os anos, durante o carnaval, Recife e Olinda entram em frenesi. As multidões ocupam as ruas. Para os locais, talvez seja a manifestação mais característica de nossa identidade cultural. Para as pessoas de outros lugares, torna-se um ímã, exalando fascínio e curiosidade. E a esse poder de atrair, congregar pessoas, corresponde uma movimentação financeira. Nesse contexto, o valor da música ganha outros contornos. É uma festa convulsionada e megalomaníaca, de grandes proporções, em que se pode…

2 de fevereiro de 2015 /

 por Karol Pacheco. Nem tudo é folia. Enquanto uma gorda fatia do show business é controlada por órgãos públicos através de práticas questionáveis, uma multidão de artistas que vive da música, apenas sobrevive dela. Há mais de 65 anos, Theodor Adorno e Max Horkheimer criaram a expressão “indústria cultural”, cuja ideia central aponta que, no capitalismo, a cultura tende a ser tratada como mercadoria. Leonardo Salazar, empresário artístico e instrutor setorial de cultura do Sebrae, considera que a atividade musical…

22 de julho de 2014 /

por Germano Rabello. A cidade é muito mais do que um espaço físico. É uma concentração de zilhões de pessoas formando uma personalidade própria, sua cultura. Os grandes centros urbanos ditam as regras da cultura pop, e torna-se obsoleta a ideia de que a cultura deva emanar de um único ponto, de uma única fonte. Muitas vezes, quanto mais o artista está afastado dos centros, maior a sua disposição e originalidade. Se a gente pensar na movimentação de Seattle e…

30 de janeiro de 2014 /

por Carlos Gomes. A escolha dos artistas anunciados na programação do Carnaval do Recife em 2014 revela a mediocridade dos que se utilizam do poder de escolha para demarcar territórios, alimentar equívocos e ter na falta de transparência e critérios a sua marca curatorial. Quem acredita que houve uma leitura e audição do material entregue pelos artistas habilitados, na lista divulgada anteriormente? Agora, tendo em vista a programação quase oficial, já que provavelmente a pressão de alguns artistas que ficaram…

2 de janeiro de 2014 /

por AD Luna. Eu enxergo a cena cultural baseado no conceito retomado contemporaneamente pelo filósofo norte-americano Ken Wilber. Ou seja, o conceito de hólons. “Hólon é um todo que é simultaneamente uma parte de outros todos”, diz ele, em seu livro Uma teoria de tudo (Cultrix, página 145).  E esses todos se interpenetram, se tocam, ainda que aqueles que deles fazem parte não percebam ou se neguem a admitir isso. Em seu sentido micro, uma cena cultural é formada por…

24 de março de 2013 /

    O festival A Noite do Desbunde Elétrico é realizado anualmente em Recife desde 2007. Artistas mais novos da música Pernambucana já dividiram o palco com músicos como Lula Côrtes e Almir de Oliveira (Ave Sangria) em edições anteriores. A partir de 2011, o festival tem lançado uma coletânea virtual com bandas e músicos convidados a tocar no Desbunde. A coletânea de 2013 já está no ar e conta somente com músicas de artistas solo. Resolvemos destacar algumas faixas…

18 de fevereiro de 2013 /

Vivemos em um período bem interessante para quem possui uma banda. Os recursos para gravar, editar, mixar e masterizar um disco estão bem mais que acessíveis. As plataformas para divulgação são as mais diversas possíveis, basicamente todas gratuitas. Para formar e manter contato com um público cativo, as redes sociais são uma mão na roda. Um cenário quase perfeito para quem tem seu projetozinho musical, né verdade? Por um lado, sim, mas talvez seja menos fácil do que parece. A…