Miró da Muribeca por Edf. Texas e Grupo Magiluth

“eita, foi quase” e a ladainha que vaza. a balbúrdia que atravessa a janela com seu rastro mínimo. o centro e suas paisagens que escapam para dentro do poema. a voz de quem canta a poesia de miró da muribeca em outro tom. o corpo está concentrado e seu corte é rápido. miró desaparece. fica a poesia. miró reaparece. miró estava andando na rua e sua ladainha atravessou com seus braços e gestos o edifício texas até alcançar o grupo magiluth. é possível revelar uma outra voz. é possível (c.g.)
Miró da Muribeca por Bruno Parmera
ReproduzirPlay
Miró da Muribeca por Bruno Parmera
Miró da Muribeca por Giordano Castro
ReproduzirPlay
Miró da Muribeca por Giordano Castro
Miró da Muribeca por Lucas Torres #2
ReproduzirPlay
Miró da Muribeca por Lucas Torres  #2
Miró da Muribeca por Erivaldo Oliveira #2
ReproduzirPlay
Miró da Muribeca por Erivaldo Oliveira #2
Miró da Muribeca por Mário Sergio Cabral #2
ReproduzirPlay
Miró da Muribeca por Mário Sergio Cabral #2
Miró da Muribeca por Giordano Castro #2
ReproduzirPlay
Miró da Muribeca por Giordano Castro #2
Miró da Muribeca por Lucas Torres
ReproduzirPlay
Miró da Muribeca por Lucas Torres
Miró da Muribeca por Erivaldo Oliveira
ReproduzirPlay
Miró da Muribeca por Erivaldo Oliveira
Miró da Muribeca por Mário Sergio Cabral
ReproduzirPlay
Miró da Muribeca por Mário Sergio Cabral
previous arrow
next arrow
Realização: Edf. Texas e Grupo Magiluth
Direção: Pedro Escobar
Som: Rodrigo Vasconcellos

 

Foto: Frame do vídeo “Miró da Muribeca por Giordano Castro #2″.
Vídeo: Disponível no Youtube do Edf. Texas 163.

Categorias

Outros Críticos Escrito por:

Desde 2008 atuam desenvolvendo projetos de crítica cultural na internet e em Pernambuco. Produziram livros e publicações, como a revista Outros Críticos, além de coletâneas musicais e debates, como os do festival Outros Críticos Convidam.

Um comentário

  1. Isaac
    18 de abril de 2018
    Responder

    Oi galera!
    Que projeto massa! Gostaria estar informado das novas publicações de Outros Críticos.
    Abraço,
    Isaac

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.