Categoria: Entrevista

30 de setembro de 2014 /

por Carlos Gomes. O músico, ilustrador, designer e contador de estórias Matheus Mota está perdido. E é essa perdição que dá sentido à sua música. Se a autoironia narrativa do primeiro disco, com suas impressões pianísticas dos barulhos de rua do Recife inventário que ele mesmo criou, lhe pôs numa cadeira que ninguém havia ousado sentar na cena musical contemporânea de Pernambuco, foi preciso perceber que há poucos alunos em sua sala. Ouvindo as músicas de seu novo álbum, se…

22 de agosto de 2014 /

por Carlos Gomes. A cantora e compositora Isaar vem construindo sua trajetória artística de uma forma eminentemente autoral. Cada canção, arranjo, escolha estética, tem a mão firme da artista que, ligada às tradições culturais de sua terra, tem procurado ampliar sua musicalidade, sem que isso signifique virar as costas para o passado. O álbum “Azul Claro” foi, de certa forma, um marco nesse caminho. As primeiras audições de “Todo Calor”, sua sonoridade pop, com pequenas invenções no arranjo, sobretudo pela…

20 de agosto de 2014 /

por Carlos Gomes. O impacto que é assistir aos shows de Aninha Martins, sua expressividade, a naturalidade com que se arrisca ao cantar, doando-se sem medida num metro de palco rodeado de barulho que seja, ou no mais profundo silêncio daqueles que esperam da música uma revelação, tem na expressão catártica que emana das vozes do corpo dela, um dos muitos sentidos a que podemos atribuir, sem medo, do que seja a arte. A conversa que tive com ela me…

31 de janeiro de 2014 /

Conheci Alípio Carvalho Neto em um concerto seu na Livraria Cultura em 2006. Foi um dos primeiros contatos que tive com este tipo de música. Lembro-me que, o que mais me marcou, foi a intensidade e a urgência que aquele cara tocava. Havia muita energia. Seis anos depois, em 2012, Bruno Vitorino (Nebulosa Quinteto) nos comunica que Alípio estava vindo passar uma temporada em Recife e que iríamos fazer um concerto com a participação dele. Além da memória viva daquele…

15 de outubro de 2013 /

São diversas as formas e estratégias de preparação de um festival de música. “A noite do desbunde elétrico” e o “No Ar – Coquetel Molotov”, respectivamente, com 07 e 10 anos de existência, são opostos (seja pela proposta curatorial de ambas, estrutura, acesso à editais de fomento, patrocínios privados, público etc) que neste ano se atraem. Nessa décima edição do festival organizado pelo Coquetel Molotov, ambas as maneiras de lidar com a cena musical de Recife se encontram de maneira…

30 de setembro de 2013 /

Os festivais de música quando enraizados na vida cultural de uma cidade, criam em torno de si uma identidade que atrai um público interessado em dialogar com as ações que ele promove. O encontro entre artistas, público e agentes culturais (produtores, críticos, jornalistas etc) não existe apenas em função do instante catártico que é a apresentação musical. A construção da identidade de um festival se realiza muito antes, e deve permanecer em diálogo durante todo o ano, para que o…

13 de agosto de 2013 /

A nossa conversa com o jornalista, produtor e crítico musical Bruno Nogueira, partiu de suas experiências anteriores como crítico na imprensa local. A partir disso, os temas que circundam a indústria cultural, internet, crítica cultural e consumo de música também entraram em pauta, bem como a tese de doutorado “GoWith The Flow”: a nova crítica de música a partir do fluxo fragmentado de mensagens nos sites de redes sociais,  em Comunicação e Cultura Contemporânea, que o autor realizou na Faculdade…

11 de julho de 2013 /

O músico Paulo Paes pôs na estrada a sua inacabada concepção de arte. Reunindo amigos sob a alcunha de Paes, gravou dez canções, algumas lançadas anteriormente em EPs, e trouxe alguns deles para subirem ao palco e darem voz à poética particular de suas músicas. Na formação da banda, Filipe Barros (guitarra e vocais), Rafael Gadelha (baixo), Rapha B. (bateria) e Ana Ghandra (vocais). Sem Despedida (2013) foi gravado no estúdio da universidade Aeso Barros Melo, com produção de Filipe…

28 de junho de 2013 /

“Diego Albuquerque é, atualmente, o mais importante crítico musical de Pernambuco” – Júlio Rennó (ex-outros críticos) “Selecionar discos para download passa longe da crítica, não há crítica sem texto” – Barbara Woolfer (Revista de Cinema) “Não é possível mensurar a contribuição que o site Hominis Canidae e a revista MI têm para a música brasileira. Como também não nos damos conta do quanto se tornou irrelevante a crítica musical na mídia impressa tradicional. Quando há…” – Alberto Infante (Diário Austral)…

15 de maio de 2013 /

Diálogos é uma série de conversas realizadas com personalidades pensantes. O terceiro texto é a transcrição de um bate-papo que eu tive com o editor e curador da revista Mi Independente e Mestre em Ciências da Comunicação pela UFPE, Rodrigo Édipo. A ideia central do projeto é subverter os posicionamentos estabelecidos nas entrevistas usuais, em que o entrevistador faz as perguntas, mas não responde, e em que o entrevistado responde às perguntas roteirizadas pelo entrevistador, mas não pergunta. Dessa maneira,…

3 de maio de 2013 /

  Em 2010, o jornalista e crítico musical Hugo Montarroyos lançava o livro Devotos 20 anos, que faz parte da Coleção Tramas Urbanas (Literatura da Periferia Brasil), com curadoria de Heloisa Buarque de Hollanda, e patrocínio da Petrobras. O livro foi lançado pela editora Aeroplano e está disponível para leitura on-line e download gratuito. Além do livro de Montarroyos, a editora também disponibilizou gratuitamente diversos outros títulos  no endereço: http://issuu.com/tramas.urbanas Recentemente, o jornalista voltou a escrever para o site RecifeRock!. Aproveito o…

27 de abril de 2013 /

Edith de Camargo (voz e acordeon) e Marcelo Torrone (piano e teclado) conversaram conosco sobre o antes, o à margem e o porvir da banda Wandula. Com apenas dois álbuns lançados, a banda é reconhecida por unir elementos da canção erudita, popular e pop através de temas instrumentais e canções cantadas em inglês, português e francês. De Curitiba, a banda prepara para 2014 um novo disco. No entanto, os músicos podem ser encontrados em trabalhos solos e em bandas como…

19 de abril de 2013 /

“Siba faz dessas novas músicas pergaminhos de acesso à sua tradição” – Alberto Infante, Diário Austral. “A íntima poesia das canções faz da métrica uma conquista” – Clarice Flor, Suplemento Palavra. “Música para dançar e sorrir” – Anônimo, Fã Clube. “Repentistas não são poetas. São músicos” – Poeta Anônimo, Clube de Literatura dos Corações Solitários do Sargento Carrero. Siba partiu. Pôs no mundo umas estórias que são canções, umas palavras que são poesia. Nessa conversa: ruptura, tradição, amizades e cantadores.…