A Noite do Desbunde Elétrico – 7ª edição

Festival – A Noite do Desbunde Elétrico

 

ATRAÇÕES

Jean Nicholas
Jean Nicholas

Em carreira solo desde 2009, depois de passagem pelo Insites, Jean Nicholas veio pra confundir. Se de início seguia as trilhas do folk psicodélico, tônica de suas primeiras gravações e EPs, agora ele começa um novo ciclo, acompanhado pela Bueiragem. Seu 1º disco solo, em processo de gravação, promete “música com cara de século 21”: violões folk, guitarras de hard rock, batidas de rap, ecos de dub e samplers convivendo de forma caótica, às vezes em uma mesma música, como se pode ver em seu novo single Bueiragem/2012. Só uma amostra do que está por vir.

 

juvenil silva
JuveNil Silva

Agitador cultural, boêmio, herói da classe trabalhadora, Juvenil está lançando e colhendo frutos de sue primeiro trabalho solo, “Desapego”, lançado em janeiro de 2013, de forma independente. O disco tem sido um fenômeno de boa recepção, ganhado espaços. As performances calorosas e onipresença de Juvenil ajudam a explicar sua popularidade. No seu histórico de conexões, vale ressaltar a Canivetes, rock de garagem setentista, e o revival tropicalista da Dunas do Barato, bandas em que embora não seja o principal vocalista, é principal compositor. Olho nele!

 

Aninha Martins
Aninha Martins

Este será apenas o 2º show solo dela, mas Aninha Martins já é figura bem conhecida na música recifense. Com uma voz ímpar, ela conquistou espaço em diversas bandas, em pouquíssimo tempo: passou pelo Sabiá Sensível e Malvados Azuis, canta nas bandas de D Mingus e Matheus Mota, está atuando e cantando na peça infantil Caxuxa. Estuda música brasileira antiga e filosofia. Se diferencia por ser, acima de tudo, intérprete, misturando algumas músicas próprias com músicas de outros compositores.

 

Zeca Viana
Zeca Viana

Um dos nomes mais experientes da nova cena, Zeca Viana atuou em bandas como Asteróide B-612, Rádio de Outono, Volver, etc; toca vários instrumentos; é também responsável pela coletânea / festa Recife Lo-fi. Seu primeiro disco solo, o intimista Seres Invisíveis (2009) recebeu boas críticas e ganhou depois um lançamento física via Funcultura. O músico já foi indicado como Aposta MTV 2010 e tem músicas em alguns filmes entre eles Billi Pig (Globo Filmes). Seu novo disco a ser lançado,”Psicotransa”, tem produção de Diogo Valentino (Supercordas, Bonifrate) e foi gravado na Casa do Mancha, um dos redutos da cena independente nacional.

 

DMingus
DMingus

Flerta com todos os gêneros musicais pra criar os arranjos mais inusitados. Seu quartinho de gravações, conhecido como Pé-de-Cachimbo Records, já fez história na nova música pernambucana. Compositor prolífico e fez parte de várias bandas, entre elas a Monodecks. Seu terceiro disco independente, Fricção, está já em processo adiantado de conclusão. O trabalho promete ser tão elogiado quanto a estréia em Filmes e Quadrinhos (2010) e o Canções do Quarto de Trás (2012), este último um “diamante de folk barroco” nas palavras de Silvio Essinger do jornal O Globo. D Mingus é natural de Arcoverde, mas criado em Recife.

 

A Noite do Desbunde Elétrico 2013
Dia: 01 de junho (sábado)
Hora: às 21h.
Ingressos: R$ 15
Local: Experimental (em Dois Irmãos, antigo Curupira)

Textos de Apresentação das Bandas por Assessoria.

Categorias

Outros Críticos Escrito por:

Desde 2008 atuam desenvolvendo projetos de crítica cultural na internet e em Pernambuco. Produziram livros e publicações, como a revista Outros Críticos, além de coletâneas musicais e debates, como os do festival Outros Críticos Convidam.

seja o primeiro a comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.