29 de agosto de 2014 /

por Outros Críticos. Dois sons é um projeto de gravações com curadoria do Outros Críticos e apoio da AESO-Barros Melo. O projeto tem edição bimestral, sempre vinculado ao lançamento da revista Outros Críticos. Faça o download da 4ª edição clicando aqui. Edição 4 | Agosto de 2014 1. Praia do Forte 2. Transmutação Produzido por Paes e Nascinegro Gravado no estúdio de áudio da Aeso Barros Melo, por Fábio Barros e no home-studio de Carlos Montenegro e Cláudio Nascimento. Mixado…

15 de maio de 2014 /

Dois sons é um projeto de gravações com curadoria do Outros Críticos e apoio da AESO-Barros Melo. O projeto tem edição bimestral, sempre vinculado ao lançamento da revista Outros Críticos. Faça o download da 3ª edição aqui. Edição 3 | Maio de 2014 1. Batatinha (Hugo Linns e DJ Dolores) Hugo Linns: Viola de 10 cordas DJ Dolores: Programação e teclado 2. Rêveur (Hugo Linns e DJ Dolores) Hugo Linns: Viola dinâmica e de 10 cordas DJ Dolores: Programação e teclado.…

27 de março de 2014 /

por Outros Críticos. Dois sons é um projeto de gravações com curadoria do Outros Críticos e apoio da AESO-Barros Melo. O projeto tem edição bimestral, sempre vinculado ao lançamento da revista Outros Críticos. Faça o download da 2ª edição aqui. Edição 2 – Março de 2014 FICHA TÉCNICA Faixas: 1. Juliano Holanda – Uma pessoa (Juliano Holanda/ Matheus Mota) 2. Matheus Mota – UH! (Matheus Mota/ Juliano Holanda) Músicos: Juliano Holanda, Matheus Mota, Isadora Melo e Daniel Moraes Gravação, mixagem…

15 de janeiro de 2014 /

por Outros Críticos. Dois sons é um projeto de gravações com curadoria do Outros Críticos e apoio da AESO-Barros Melo. O projeto tem edição bimestral, sempre vinculado ao lançamento da revista Outros Críticos. Faça o download da 1ª edição aqui. Edição 1 – Janeiro de 2014 – Isaar e Aninha Martins FICHA TÉCNICA Faixas: 1. Aninha Martins – Há de Novo (poema de Erickson Luna musicado por Isaar, Lito Viana, Sidclei e Gabriel Melo) 2. Isaar – Útero (Germano Rabello)…

16 de fevereiro de 2019 /

“a arte é o que resiste, ainda que não seja a única coisa que resiste”. (“o que é o ato de criação?”, giles deleuze) primeiro movimento — eu não gostaria de catalogar os artistas em “música política”, “canção crítica” ou mesmo me pôr num “tribunal” da crítica pra limitar e colocá-los sobre a mesma seara. mas em síntese, eu penso que há artistas que seguem uma linha reta (“evolutiva?”) na música brasileira, reproduzindo esteticamente via “imitação” – mesmo com algum…

25 de julho de 2015 /

por Carlos Gomes. Escrever estritamente sobre música já não é possível. Os sons, muito mais os sons, se impõem crítica, cultural e politicamente sobre a escrita. Categorias como artigo, ensaio ou resenha são diluídas, assim como as cidades que se inscrevem sobre cidades produzindo novas camadas de sentido. Raspar as superfícies delas e descobrir embaixo de sua crosta o corpo primitivo, suas histórias. São algumas horas e as ruas que deveriam dar para o Mercado de São José são o…

19 de junho de 2015 /

por Outros Críticos. Vídeo sobre o ano I da revista Outros Críticos, que durante 2014 lançou seis edições bimestrais de sua publicação com participação de músicos, jornalistas e pesquisadores. Além dos debates gerados pela revista, o projeto ‘dois sons’ era vinculado ao lançamento com entrevistas de músicos dentro da revista e gravação inédita em parceria entre os artistas e bandas convidadas. Todas as edições da revista e do Dois Sons estão disponíveis no site. A publicação estreou em junho de…

21 de novembro de 2014 /

por Carlos Gomes. Neste exato momento, enquanto escrevo, enquanto você lê, cai por acaso nesta página, Juliano Holanda está compondo uma nova música. Uma que talvez nunca escutemos, já que pode ser desde uma melodia, pedaço de letra, harmonia que seja. A arte de Juliano está em compulsivamente criar; o prazer incide nessa ação natural de quem vê na música muita mais que uma profissão. Não são músicas para o mercado. Tantas criações justificam o número considerável de canções gravadas.…

20 de outubro de 2014 /

por Outros Críticos. A 5ª edição da revista Outros Críticos traz como tema de discussão “O improviso como forma”. No dia 22.10, às 19h, no ORBE coworking, haverá um debate seguido de jam session com os músicos Walter Areia (baixista no Areia e Grupo de Musica Aberta e na banda Mundo Livre S/A), Hugo Medeiros (baterista da banda Rua), Luciano Emerson (saxofonista) e Bruno Vitorino (baixista do Nebulosa Quinteto e crítico musical na revista Outros Críticos e no blog Variações…

8 de outubro de 2014 /

por Paes. A arte, em qualquer tipo de manifestação, traz de volta ao mundo um reflexo do mesmo e das vivências dos indivíduos que a criaram, embora ela já esteja sempre exposta aos nossos olhos e ouvidos. É e se transforma no que agente quer. Entre todas as vertentes, a música tem uma importância muito grande na interpretação, reflexão e transformação das sociedades. Durante os séculos ela foi utilizada para muitos fins, em contextos distintos. Antes de existir o conceito…

30 de setembro de 2014 /

por Carlos Gomes. O músico, ilustrador, designer e contador de estórias Matheus Mota está perdido. E é essa perdição que dá sentido à sua música. Se a autoironia narrativa do primeiro disco, com suas impressões pianísticas dos barulhos de rua do Recife inventário que ele mesmo criou, lhe pôs numa cadeira que ninguém havia ousado sentar na cena musical contemporânea de Pernambuco, foi preciso perceber que há poucos alunos em sua sala. Ouvindo as músicas de seu novo álbum, se…

27 de agosto de 2014 /

por Carlos Gomes. Chegamos na 4ª edição da revista Outros Críticos entendendo que à música cabe muito mais. Para além da distribuição de pautas para jornalistas e colaboradores sob o guarda-chuva da música, a nossa intenção era investigar as pretensas fronteiras artísticas, o modo como a “arte” será sempre ela e outras. À medida que os artigos chegavam na caixa de e-mails (essa edição contou com seis artigos, o maior número até agora), percebemos o quão foi acertada a decisão…

22 de agosto de 2014 /

por Carlos Gomes. A cantora e compositora Isaar vem construindo sua trajetória artística de uma forma eminentemente autoral. Cada canção, arranjo, escolha estética, tem a mão firme da artista que, ligada às tradições culturais de sua terra, tem procurado ampliar sua musicalidade, sem que isso signifique virar as costas para o passado. O álbum “Azul Claro” foi, de certa forma, um marco nesse caminho. As primeiras audições de “Todo Calor”, sua sonoridade pop, com pequenas invenções no arranjo, sobretudo pela…