Tag: josé juva

28 de outubro de 2018 /

O tempo para mim significa esticar os braços o mais distante possível e sentir como cada um dos meus músculos me parte em mil pedaços, ficam dormentes, e deixar que eles apenas se movam e me joguem na cama, e me deixem sozinha, até que acabe o dia. Minha conexão com o mundo me animaliza, meu único semelhante é um…

Leia MaisTaquicardia, uma novela de Tania Mendoza

19 de novembro de 2015 /

por José Juva. “abandonar tudo. conhecer praias. amores novos. poesia em cascatas floridas com aranhas azuladas nas samambaias. todo trabalhador é escravo. toda autoridade é cômica. fazer da anarquia um método & modo de visa. estradas. bocas perfumadas. cervejas tomadas nos acampamentos. Sonhar Alto.” — Roberto Piva Estivesse vivo, Henry Charles Bukowski estaria com noventa e cinco anos – provavelmente…

Leia MaisCom a alma encharcada de uísque, poemas e histórias da vida subterrânea

2 de novembro de 2015 /

o artista veste máscaras – edição 9 – bimestral – outubro de 2015 DOWNLOAD GRATUITO AQUI VERSÃO IMPRESSA AQUI Expediente Edição: Júlio Rennó Projeto gráfico: Cécile Duchamp Artistas convidados: Manu Maltez / Ganjarts Jornalista responsável: Marina Suassuna (DRT 5556-PE) Textos: Carlos Gomes, Marina Suassuna e Karol Pacheco Mediação do debate: Fernanda Maia e Carlos Gomes Colaboradores: Bruno Vitorino, Fernando Athayde,…

Leia MaisOutros Críticos #9 – O artista veste máscaras

7 de outubro de 2015 /

A revista Outros Críticos, na edição sobre o tema “Ruínas e Cultura”, provocou diferentes autores a nos enviarem relatos sobre suas experiências com as ruínas da cidade, aquelas encontradas por acaso, ou mesmo as que nascem de suas reflexões sobre o lugar que as cidades estão ocupando atualmente, suas transformações. José Juva – Poeta e ensaísta, publicou ‘deixe a visão…

Leia MaisRuínas por José Juva, Paulo do Amparo, Eduardo Amorim, Sidney Rocha e Anco Márcio

27 de agosto de 2014 /
9 de agosto de 2014 /

por josé juva. É difícil imaginar os percursos, recepções e desdobramentos que os textos tomarão. Muitos gatilhos podem desencadear a escrita. Outros fatores entrarão em jogo para a circulação e fruição, fatores que escapam com mais força das tentativas de orientação por parte do autor. Nunca sabemos aonde um texto vai chegar, o caminho de que olhos cruzará, quais as…

Leia MaisBreve Breu – escritos sobre literatura e cinema

27 de dezembro de 2013 /

por José Juva. Uma arte capaz de provocar o riso debochado, o riso de satisfação, o choro da beleza; uma arte capaz de fazer pulsar o coração da vida, atiçar o sopro da dúvida e saltar de galho em galho, comendo bananas e acolhendo as dádivas. Este é o nascimento de Macaco Encruzilhada: o início da jornada. E-book coletivo, editado…

Leia MaisMacaco Encruzilhada: o início da jornada

23 de agosto de 2013 /

“Ser um bom feiticeiro significa estar desabrigado no meio da tempestade. É viver a vida em todas as suas fases. Quer dizer ser um louco de vez em quando. Isso também é sagrado.” (CorzoCojo, feiticeiro sioux da tribo lakota) Eis uma excelente imagem capaz de funcionar como gatilho para pensarmos a figura de um curador: um desabrigado no meio da…

Leia Maiscuradoria em literatura: Possibilidades Curativas

5 de agosto de 2013 /

A música contemporânea de Pernambuco se caracteriza por apresentar diversas nuances. Algumas dessas formas são legitimadas pelas festas populares, festivais de música, editais promovidos pelo Estado, iniciativa privada e, de certo modo, pela cobertura jornalística privilegiada a alguns desses segmentos. A defesa de território é uma marca inerente à cultura do estado. No entanto, a internet trouxe à tona uma…

Leia MaisLançamento da coletânea O.N.I. – Objeto Não Identificado n’A Casa do Cachorro Preto

8 de abril de 2013 /

Nudistas, Luditas, Vuripas! e a poesia como vinho da visão A poesia é alumbramento, desbunde, uma entrega aos delírios do atirador de facas. A festa Nudistas, Luditas, Vuripas!, realizada pelo coletivo casa de marimbondo, ciente deste e de outros devaneios, celebra o nascimento do livro de poemas vupa, do poeta josé juva. A folia acontece no sábado, 13 de Abril, às 19h, no bairro do Janga, em Paulista, na sede…

Leia Maisjosé juva estreia na poesia com vupa