Sombras e luzes n’A Noite do Desbunde Elétrico

TEASER A Noite do Desbunde Elétrico VIII [2014] from Vicioclipes on Vimeo.

por Carlos Gomes.

A 8ª edição do festival A Noite do Desbunde Elétrico revela o quanto é benéfico que os próprios músicos se organizem em torno de identidades em comum, afirmem uma “marca” perante o público, e nas condições possíveis, se pensarmos na estrutura de palco de todas as edições anteriores, nem sempre favoráveis para a música, mas que aos poucos acaba por alcançar públicos diversos, e nessa trajetória, atingir produtores e casas de show dispostas a abrigar o festival.

O “desbunde elétrico” se afirma, principalmente, em músicos e bandas como Juvenil Silva, Jean Nicholas, Dunas do Barato, nas extintas Malvados Azuis e Sabiá Sensível, mas que delas muitas outras bandas e músicos continuaram a produzir, e tendo passado por armazéns, bares e outros espaços, chega no Estelita com a promessa de uma estrutura que abrigue bem as bandas da noite.

As bandas dessa edição vivem momentos distintos de sua trajetória. Graxa e Ex-Exus lançaram bons álbuns no ano passado e em 2014 vem desenvolvendo nos palcos as “conquistas” estéticas dos discos Molho e , respectivamente. A Pé-Preto tem uma trajetória antiga vinculada à sonoridade funk e soul music, e em 2014 tem se dedicado ao lançamento de singles, com dois deles lançados. Petrônio e As Criaturas talvez seja a banda mais desconhecida, e que sonoramente explore caminhos mais improváveis nos arranjos e na própria formação da banda, que conta, segundo o release, com “baixo, guitarra, bateria, bandolim, violão, escaleta, viola de dez, sonoplastia e percussão”.

Ainda longe de se tornar um dos festivais consolidados da cidade, como se costumam chamar os eventos mais aguardados da agenda cultural de Pernambuco, o Desbunde Elétrico soube sobreviver em meio às sombras, 2014 é o ano de colher os frutos, ou mesmo perceber que, sob a luz, belezas e tormentos são visíveis com a mesma intensidade.

SERVIÇO

A Noite do Desbunde Elétrico – 8ª edição

com as bandas Ex-Exus, Petrônio e As Criaturas, Pé-Preto e Graxa

3 de maio (sábado), a partir das 22h

Estelita (Rua Saturnino de Brito, nº 385 – Cabanga)

R$ 20 (preço único)

Share Button

Desde 2008 atuam desenvolvendo projetos de crítica cultural na internet e em Pernambuco. Produziram livros e publicações, como a revista Outros Críticos, além de coletâneas musicais e debates, como os do festival Outros Críticos Convidam.

Seja o primeiro a comentar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *