Feijam: simbiose entre o coco e o rap

 photo cdshow_zps703e5d7c.png
O CD FEIJAM documenta os encontros ocorridos em domingos indeterminados, onde Resistência + Cultura Popular se reuniam à volta da árvore coração de nego, em frente à casa de Dona Cila do Coco, em Olinda, para uma feijoada (FEI) e jam session (JAM). Feijam/Divulgação

por Karol Pacheco.

No Beco do Caixão, em Olinda, a crítica social do rap conversa com os caboclos do coco. Este encontro da resistência e cultura popular gerou um registro em formato de CD e DVD, que está prestes a ser atirado à linha de fogo, no próximo dia 25 de janeiro. O lançamento do produto vai acontecer no próprio beco, em frente à casa de Dona Cila do Coco, no bairro do Varadouro, em Olinda. O bicho do beco, a feijoada e as jam sessions trazidos pelo Feijam tomam a rua e, sem clichês ou cachês, a brincadeira começa a partir das 15h.

O DVD + CD, cuja prensagem foi viabilizada pelo Fundo de Incentivo à Cultura (Funcultura), documenta os encontros ocorridos no Beco do Caixão. À volta da árvore coração de nego, se encontraram as duplas Cila do Coco e seus Pupilos com A Cria, Coco de Umbigada com Estúdio Favela, Zeca do Rolete com Yabas, Coco do Amaro Branco com ZNPE, da Zona norte do Recife, Coco de Praia com Combo X, de Peixinhos, e Nilton Junior com Monga e Ydhaki, um grupo de didgeridoos.

O registro retrata o espaço de experimentação e transposição de limites, nutrido pela espontaneidade de todos. O rapper Filipe Massa, do grupo de rap A Cria, fala sobre essa interação. “Hoje eu consigo enxergar o laço que existe entre essas duas culturas. Ambas vêm do quilombo. O coco, mais antigo, traz os ensinamentos passados de geração em geração e o rap, por ser mais contemporâneo, retrata os problemas e conflitos sociais. Cada um do seu jeito transmite o mesmo propósito: resistência, igualdade, liberdade e por aí vai.”

Mais do que um choque artístico, o fenômeno ocorrido no Beco do Caixão possui um viés social. Trata-se do mesmo espaço ser ocupado por pessoas que vivem nas periferias e enfrentam os mesmos problemas, mas que raramente se encontram. Quando estes dois organismos distintos compartilham o beco, ambos extraem desta experiência benefícios mútuos. Os meninos do rap confrontam-se com a tradição griô e a sabedoria dos mestres do coco. Estes, por sua vez, comungam da abordagem crítica do cotidiano da periferia exposta pelos rappers. Dessa forma, o escambo que acontece em frente à casa de dona Cila se configura como uma simbiose.

Além de ser lançado o registro anterior (CD + DVD), novos encontros serão provocados. Dessa vez, a fusão dos ritmos será adubada por Buguinha Dub. As apresentações serão realizadas por Maracatuzeiros + Romariz; Bate o Ganzá + Galo de Souza; Adiel Luna + Clécio Rimas; Sagaranna + Zaca de Chagas; Coco dos Pretos + Chapa e Lemos; Zeca Rolete + Alcides + Baloo; Cila do Coco e seus pupilos + A Cria.

SERVIÇO

Lançamento do CD + DVD Feijam – com Maracatuzeiros + Romariz; Bate o Ganzá + Galo de Souza; Adiel Luna + Clécio Rimas; Sagaranna + Zaca de Chagas; Coco dos Pretos + Chapa e Lemos; Zeca Rolete + Alcides + Baloo; Cila do Coco e seus pupilos + A Cria.

Sábado, 15h às 21h, 25 de janeiro de 2014

Beco do Caixão, Varadouro, Olinda – PE (próximo a Rua Joaquim Nabuco)

Informações: http://xscabras.wordpress.com | http://facebook.com/feijam

SoundCloud: https://soundcloud.com/feijamcd

Contato para imprensa: Goelas Comunicação – (81) 9893.8842 e Zé Ausônio – (81) 9718.4957

Share Button

Desde 2008 atuam desenvolvendo projetos de crítica cultural na internet e em Pernambuco. Produziram livros e publicações, como a revista Outros Críticos, além de coletâneas musicais e debates, como os do festival Outros Críticos Convidam.

Seja o primeiro a comentar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.