Breve Breu – escritos sobre literatura e cinema

por josé juva.

É difícil imaginar os percursos, recepções e desdobramentos que os textos tomarão. Muitos gatilhos podem desencadear a escrita. Outros fatores entrarão em jogo para a circulação e fruição, fatores que escapam com mais força das tentativas de orientação por parte do autor. Nunca sabemos aonde um texto vai chegar, o caminho de que olhos cruzará, quais as circunstâncias de sua recepção e leitura. Mas podemos sempre buscar novos inícios, investidas em diálogos possíveis.

Os textos reunidos em Breve Breu – escritos sobre literatura e cinema,  surgiram em ocasiões variadas: colunas de literatura para a internet (a convite do editor Carlos Gomes, dos Outros Críticos), críticas de filmes da IV Janela Internacional de Cinema do Recife (dentro da oficina “janela crítica”, integrante do festival), bem como ensaios apresentados por mim para disciplinas variadas do mestrado e doutorado em Teoria da Literatura, na Universidade Federal de Pernambuco.

Uns textos circularam na internet, onde ainda podem ser encontrados, outros se encontram em revistas acadêmicas e publicações de jornadas, colóquios e outros eventos universitários. A reunião destes textos busca facilitar o acesso dos leitores à minha produção ensaística, agrupando numa só publicação uma seleta produção crítica dos últimos cinco anos.

Entre os temas abordados encontram-se desde as aventuras do nome múltiplo Luther Blissett, as ficções e manifestos de Vicente Franz Cecim, a poesia de Humberto Ak’Abal, adaptações cinematográficas do teatro de Samuel Beckett, a libertinagem lírica e ácida de Febre do Rato e as artimanhas e trapaças no mundo do trabalho realizadas no universo de Charles Bukowski, entre outras aparições, como Bruce Lee, William Blake e outras figuras.

A seleção e organização do material presente em Breve Breu – escritos sobre literatura e cinema coube ao autor. O responsável pela capa do livro é o ilustrador Germano Rabello, repetindo parceria presente em vupa, meu primeiro livro de poesia, cujo prefácio também foi feito por Germano. A imagem da capa faz parte da série fantasmas, feita pelo fotógrafo Henrique Ogata e que aborda as situações de vida dos mendigos no Japão. O livro está disponível para leitura e download no site dos Outros Críticos.

Share Button

Poeta, professor e doutor em literatura pela UFPE.

Seja o primeiro a comentar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *