Autor: Outros Críticos

Desde 2008 atuam desenvolvendo projetos de crítica cultural na internet e em Pernambuco. Produziram livros e publicações, como a revista Outros Críticos, além de coletâneas musicais e debates, como os do festival Outros Críticos Convidam.
23 de abril de 2017 /

As 12 edições da revista Outros Críticos estão disponíveis para download gratuito no nosso site. Reunimos todas as edições pelos anos de publicação. Ano I (2014) – Acesse aqui. Ano II (2015) – Acesse aqui. Ano III (2016) – Acesse aqui. As versões impressas podem ser adquiridas em loja.outroscriticos.com, com entrega para todo o país. Em breve traremos novidades sobre…

Leia MaisTodas as edições da revista Outros Críticos para download gratuito

8 de fevereiro de 2017 /

morrer como quem é um recorte de verso, uma vaguidão possível de ser preenchida por marchas, frevos, vozes, coro, dicções, sotaques ou movimentos de corpos. canções políticas no carnaval, nas rádios, ruas, vídeos compartilhados – gravados em câmeras baratas ou celular – podem significar que a voz embargada deva significar um pouco mais que o silêncio. essa resistência através da…

Leia Maismorrer em pernambuco, juliano holanda

31 de janeiro de 2017 /

A seção “Crítica de Boteco” da revista Outros Críticos promove a cada encontro um debate sobre temas abordados na publicação. Com o tema “A arte é a última esperança”, a última edição foi fotografada por Camila van der Linden e gravada no Sexto Andar do Edifício Pernambuco, no centro do Recife, com a participação do curador e pesquisador Moacir dos…

Leia Maiscrítica de boteco: moacir dos anjos, renata pimentel e mery lemos

12 de janeiro de 2017 /

A última edição da revista Outros Críticos trouxe na seção “opinião” diferentes vozes sobre o tema-mote “A arte é a última esperança”; com ele buscamos refletir sobre as relações entre arte e política, criação, poéticas, trabalho coletivo, cooperação, ativismo, entre outras relações que podem transformar o espaço e as pessoas através do lugar que a arte ocupa na sociedade. Diante…

Leia Mais“Poesia como furadeira”: outras narrativas sobre arte e política

25 de dezembro de 2016 /

Como um trator Bootleg’16 – Outros Críticos Faça o download aqui A coletânea é organizada através de uma chamada aberta realizada no final de cada ano no site Outros Críticos. Em sua 8ª edição, a Bootleg inclui faixas extras, takes alternativos, gravações caseiras, ao vivo etc. Como um trator – Bootleg’16 by Outros Críticos Curadoria: Carlos Gomes Projeto gráfico: Fernanda…

Leia Mais“Como um trator”, bootleg’16 – Outros Críticos

13 de novembro de 2016 /

Estamos convidando todos os músicos e bandas que queiram participar da nossa coletânea anual de Bootlegs (faixas extras, takes alternativos, takes de voz e violão, ensaios, guias instrumentais, gravações ao vivo etc). Bandas e músicos como Romulo Fróes, Sofia Freire, Zé Manoel, Jair Naves, Di Melo, Hugo Linns, Supercordas, Bárbara Eugênia e Stela Campos já participaram de edições anteriores. Enviem as suas músicas (mp3…

Leia MaisChamada para a Coletânea Bootleg’16 – Outros Críticos

9 de novembro de 2016 /

a arte é a última esperança – edição 12 – ano III – novembro de 2016 download gratuito aqui versão impressa aqui Expediente Edição: Carlos Gomes Projeto gráfico: Fernanda Maia Artista convidada: Mariana de Matos Jornalista responsável: Marina Suassuna (DRT 5556-PE) Textos: Carlos Gomes, Marina Suassuna e Karol Pacheco Fotografia: Camila van der Linden Colaboradores: Ana Lira, Romulo Fróes, Bruno…

Leia MaisOutros Críticos #12 – A arte é a última esperança

26 de outubro de 2016 /

A seção “Crítica de Boteco”, da revista Outros Críticos, promove a cada encontro um debate sobre temas abordados na revista. Com o tema “Tecnologias e sensibilidades”, esta edição foi fotografada por Camila van der Linden e gravada no estúdio Casa do Kaos, no centro do Recife, com a participação dos músicos e pesquisadores da Altovolts, Neilton Carvalho e Adriano Leão,…

Leia Maiscrítica de boteco: Neilton Carvalho, Adriano Leão e Marina Silva

28 de agosto de 2016 /

tecnologias e sensibilidades – edição 11 – ano III – agosto de 2016 download gratuito aqui versão impressa aqui Expediente Edição: Carlos Gomes Projeto gráfico: Fernanda Maia Artista convidado: Paulo Bruscky Jornalista responsável: Marina Suassuna (DRT 5556-PE) Textos: Carlos Gomes, Marina Suassuna e Karol Pacheco Fotografia: Camila van der Linden Colaboradores: H. d. Mabuse, Rafael de Queiroz, Bruno Vitorino, Bernardo…

Leia MaisOutros Críticos #11 – Tecnologias e sensibilidades

4 de agosto de 2016 /

a sedução-lâmina das imagens de p. buhr encontraram força equivalente na encarnação selvática que k. buhr exprimiu. o rio recebeu esse corte. suas canções, seu corpo, sua voz, como quem recebe a água da natureza e a sujeira da cidade. antes das canções, circularam as imagens, com elas, a violência cotidiana e repressora da sociedade ficou exposta. mas como se…

Leia MaisSelvática, Priscilla Buhr

4 de agosto de 2016 /

sambador é uma outra linha de invenção na poética de helder vasconcelos. culmina agora em canções o que anteriormente o corpo falava com maior intensidade. sua expressão artística está continuamente em movimento: música, dança, tecnologias, máscaras, grupos, bandas; solo. os gêneros musicais, instrumentação, arranjos e letras se entrelaçam, ou se comunicam, como brincadeiras. “butterfly” é uma peça que chacoalha e…

Leia MaisSambador, Helder Vasconcelos

4 de agosto de 2016 /

“eita, foi quase” e a ladainha que vaza. a balbúrdia que atravessa a janela com seu rastro mínimo. o centro e suas paisagens que escapam para dentro do poema. a voz de quem canta a poesia de miró da muribeca em outro tom. o corpo está concentrado e seu corte é rápido. miró desaparece. fica a poesia. miró reaparece. miró…

Leia MaisMiró da Muribeca por Edf. Texas e Grupo Magiluth

4 de agosto de 2016 /

as palavras pesam tanto quanto as personagens que transitam por essa cidade em nervos. os olhos se viram, cabeças erguidas espiam as cidades. wroclai é som longínquo, ruidoso, se mantém em loop. o trator de paulinho do amparo é feito de metal e carne. está cada vez mais visível a nossa vida subterrânea. os corpos em trânsito estão travando felizes…

Leia MaisWroclai, Everardo Norões